Make your own free website on Tripod.com

Trabalho de Biologia - 1ª trimestre 2006

Distribuição Ecológica

Home
Biogeografia
Regiões Fitogeográficas
Regiões Zoogeográficas
Distribuição Ecológica
Distribuição Geográfica
Conclusão
Bibliografia

~Distribuição Ecológica~

340x200.jpg

Biomas

Os biomas são comunidades Climax, ou seja: Comunidades no seu último estágio. Para chegar ao climax as comunidades passam por um processo lento e ordenado chamado sucessão ecológica. Na sucessão ecológica aumentam o numero de espécies e nichos até chegar ao um estágio estável e bem desenvolvidocom organismos bem adaptados às condições do local.

340x200mar.jpg

Ambientes Marinhos

Os Ambientes Marinhos têm oxigênio sempre disponível e mantem a salinidade constante. Os animais marinhos não suportam mudanças bruscas de salinidade (estenohialinos).
Os animais marinhos que vivem mais próximos à costa são mais resistentes, aguentando e se adaptando mais facilmente á mudanças.

340x200doce.jpg

Ambientes dulciaqüícolas

Os ambientes dulciaqüicolas, ou seja, de àgua doce (rios, lagos, etc.) apesar de fazerem parte dos biomas aquáticos, assim como o oceano, são bem diferentes dos ambientes marítimos. Sua profundidade relativamente menor ke a dos oceanos possibilita espécies diferentes e mais limitadas. O oxigênio não é sempre disponível nas partes mais fundas, pela falta de circulação de água.
 

340x200terra.jpg

Ambientes Terrestres

Os ambientes terrestres tem condições físicas muito instaveis. Fatores como o clima e o solo definem o tipo de vegetação e espécies naquela área. A flora de lá também vai depender da quantidade de agua, nutrientes e textura do solo. Os animais terrestres são bastante resistentes à mudanças de temperatura.